Endereço

Praça Papa João Paulo II, 04, Centro

Telefone

82 3425.1281

Atendimento

8h às 14h de Seg à Sex;

Acesso rápido aos serviços de transparência

Imprensa | Notícias

Assembleia de abertura do Processo de Regularização Fundiária da Comunidade Quilombola Poços do Lunga/Passagem do Vigário – Taquarana-AL.

27/04/2018 às 11:58

 

 O processo de Regularização Fundiária da Comunidade Quilombola Poços do Lunga/Passagem do Vigário, aprovado na manhã hoje(26),  em assembleia pelos moradores locais,  passará por várias etapas, desde levantamentos topográficos, entrevistas com moradores das comunidades, levantamentos históricos orais e documentais sobre as ancestralidades locais e também sobre terrítórios históricos, mas que hoje são particulares e se reclamados pela associação quilombola, após estudos e negociação, o Incra entrará com o processo de compra pelo valor de mercado, retornando essas terras às comunidades quilombolas através de uma titulação coletiva. Lembrando que todo o processo é regulamentado pela legislação federal.

A comunidade de Tabacaria que fica no município de Palmeira dos Índios foi a primeira comunidade remanescente de quilombos a ser titulada em Alagoas, dentre 67 já reconhecidas e certificadas pela Fundação Cultural Palmares, do Ministério da Cultura.

Participaram deste momento importatíssimo para história das comunidades Poços do Lunga e Passagem do Vigário:

César Lira : Superintendente do INCRA/AL; Leone Silva : Técnica dos Núcleos Quilombolas e Indígenas no ITERAL; Queila Brito : Funcionária Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (INCRA). Antropóloga e responsável pela Regularização Fundiária de Território Quilombola no estado de Alagoas; Elias de Medeiros Lima Júnior, gestor do programa Quilombola em Alagoas; Rep. do Gabinete Civil do Estado de Alagoas; Rep. Quilombo do Palmares;

Rep. do Governo Municipal Taquarana do Povo: Vice prefeito Daví Teófilo; Secretários: Luis da Emante-Agricultura, Maria Lúcia-Assistência Social, Eduardo Tenório-Meio Ambiente; demais representatividades e Socieadade Civil local.